.posts recentes

. Troleicarro

. As turfeiras

. Poemas da Ilha do Porto S...

. Somos essencialmente água

. S. Pedro de Rates

. Vila Real de Panóias

. As Raízes do Wahhabismo

. Tresminas

. Reciclagem (2)

. Coisas de ambiente e reci...

.arquivos

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021

Amato Lusitano e o estudo da Sífilis

w177-33.jpg

A  Expansão Marítima de Portugal e Espanha não trouxeram da Américas do Sul apenas milho, açucar, prata e ouro. Levaram e trouxeram doenças epidémicas. Uma delas foi a Sífilis. E um português é figura importante no conhecimento clínico e epidemiológico dessa doença. 

Das quatro  treponematoses humanas conhecidas, a sífilis é a única que existe na Europa e que é transmitida por via sexual. Segundo (Morais 2019) estudos de biologia molecular apoiam a hipótese de que a sífilis foi introduzida na Europa a partir das Américas e ainda que  os avanços científicos nos domínios historiográfico, filogenético e paleopatológico são coincidentes sobre a sua génese sul-americana, sobre a data de introdução no nosso continente e sobre as circunstâncias sociopolíticas que determinaram a sua difusão.

O seu veículo de transmissão  foram os marinheiros de Cristóvão Colombo e o foco inicial do seu aparecimento  foi em Barcelona em 1493.

Vários autores referem-se a este facto e entre eles estão  Francisco López de Villalobos (c. 1473-1549), médico; Ruy Diaz de Ysla (1462-1542), cirurgião castelhano ; Gõçalo Fernández de Oviedo (1478-1557).

No estudo desta doença há um Portguês em destaque. É o médico João Rodrigues mais conhecido por Amato Lusitano. Um Cristão Novo resultado da conversão forçada de Judeus que nasceu em Castelo Branco entre 1510 ou 1511.  Estudou em Salamanca e foi mais um  entre muitos portugueses que por perseguição da Inquisição aos Judeus teve de fugir do País.  Fugiu para Antuérpia

Amato deve ter tido contacto com o estudo da Sífilis ainda em Salamanca num dos hospitais onde fez a sua formação. E posteriormente o seu contributo para o conhecimento clínico e epidemiológico da sífilis foi relevante. Boa parte da sua obra dedica-se à descrição do tratamento desta doença.

Foi professor e médico em Itália, viajou por toda a Europa e ainda pelo Império Otomano onde os judeus gozavam de liberdade de culto. Faleceu na Grécia, em Salónica vítima de epidemia de peste que ajudava a combater. 

Bibliografia:

Morais, J. A. David de (2019) - Introdução e difusão da sífilis na Europa: abordagem histórica e epidemiológica in Revista Portuguesa de Doenças Infecciosas. Volume 15 Setembro-Dezembro 2019 ISSN 0870 -1571

 

António Borges Regedor

publicado por antonio.regedor às 17:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favorito

. Uma compra  no supermerca...

. Dança

. Elle foi à Pharmacia

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds