.posts recentes

. XV Regata Cenário. Vela L...

. Semana da Batata

. Schindler na Linha do Do...

. Comboio do meu contentame...

. X Regata CENARIO

. Promontórios

. Barrocal

. Algar

. Geração Google

. Sampaio

.arquivos

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015

A Função Social da Biblioteca Pública

Lendo poesia Onda Poética Espinho.jpg

 

As Bibliotecas Públicas são as que possuem um campo de intervenção mais abrangente. A sua acção não se limita apenas ao valor informacional das suas colecções. No seu caso, torna-se relevante o conjunto de “facilities” que disponibiliza. Ainda hoje voltei à Biblioteca José Marmelo e Silva em Espinho e boa parte dos utilizadores seniores e de terceira idade ocupavam os sofás e cadeiras da zona dos periódicos. Alguns a dormir envoltos no ambiente agradável e temperado, a contrariar o frio fora de portas. A biblioteca a servir de ponto de encontro. Eu próprio marquei encontro com um amigo na cafetaria desta biblioteca. Nas mesas ao lado casais idosos tinham vindo fazer o seu lanche. O wireless atrai jovens estudantes acompanhados dos seus próprios computadores ao ambiente climatizado das salas de leitura. Decididamente a biblioteca perdeu a antiga imagem de coisa para crianças. Ela lá estão, mas também os pais e avós. Mas em maioria estão os jovens adultos usado os seus recursos físicos e digitais, os seus serviços e tecnologias. Se à biblioteca acorrem os em abrigo? Sim! Ela não é exclusiva. É inclusiva, inter-racial, democrática, generalista, física e humanamente quente. É rica no conhecimento que comporta, que transmite, que possibilita.

É dos equipamentos públicos de maior valor social e de maior retorno do investimento alocado.

 

António Regedor

publicado por antonio.regedor às 19:02
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Fabíola Bezerra a 7 de Fevereiro de 2015 às 11:33
Interessante seu texto António! Conseguiu retratar com precisão a importância da biblioteca pública para o utilizador idoso e as diferentes formas como eles interagem com a biblioteca. Esse é um tema que muito me interessa, inclusive foi meu objecto de pesquisa de doutoramento. Sou brasileira mas morei em Portugal enquanto pesquisava sobre"A biblioteca pública, o utilizador idoso e as políticas de infoinclusão" .
A presença de idosos nas biblioteca públicas é uma realidade que praticamente inexiste aqui no Brasil, o que é lamentável, mas também  reflete a falta de prática dos brasileiros de usarem as bibliotecas públicas.

De antonio.regedor a 11 de Fevereiro de 2015 às 16:19
Cara Fabíola, obrigado pelo seu comentário. Gostaria que me indicasse a referência do seu Doutoramento. Poderia divulga-lo aqui para os bibliotecários portugueses. O trabalho das bibliotecas públicas com públicos diferenciados é importante para a percepção da sua necessidade e reconhecimento social
Quanto ao seu uso ou não num ou outro país, são realidades diferentes. Podemos no entanto ensaiar estratégias de intervenção e verificar os resultados em cada um dos países.
Mas o fundamental é que continuemos a trocar informação das experiências e práticas nos vários países.
De Fabíola Bezerra a 11 de Fevereiro de 2015 às 16:39
Caro António boa tarde!

Minha tese encontra-se no repositório aberto da Universidade do Porto, segue o link abaixo http :/ repositorio-aberto.up.pt handle /10216/62463
Considero bastante salutar a troca de experiências e saberes entre profissionais em países distintos.
Atualmente temos partilhado um pouco da nossa experiência enquanto bibliotecários com outros colegas da área, por meio de uma página no Facebook denominada MURAL INTERATIVO DO BIBLIOTECÁRIO, atualmente temos mais de 300 bibliotecários portugueses que acompanham o nosso trabalho. Teremos imenso prazer em desenvolver um trabalho conjunto com vocês.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favorito

. Dança

. Elle foi à Pharmacia

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds