.posts recentes

. 1º Encontro das Redes Int...

. Utilidade social das Bibl...

. Memória do 15 de Abril de...

. Nuno Marçal (Bibliotecári...

. As Bibliotecas Públicas m...

. Biblioteca Évora

. Respostas! Todas as resp...

. XII Encontro de CTDI

. Ferraz, Carlos Vale – A Ú...

. Bibliotecas Públicas Mexe...

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sexta-feira, 7 de Março de 2008

COMETÁRIOS

Os últimos tempos têm sido de comentários. aqui ficam os últimos:

De Grupo Mestre Filipe e As Suas Marionetas a 15 de Fevereiro de 2008 às 13:52

Olá Boa Tarde,

Começo por vos felicitar pelo vosso blog felizmente há cada vez actividades nas e para as Bibliotecas; com a participação de Leitores, Bibliotecários, Professores, Educadores, Pais e filhos. Precisamos sempre de mais educação, cultura e informação, e os blogs são um bom meio para isso.

Aproveito para vos convidar a espreitar o blog www.mestrefilipe.blogspot.com e conhecerem ou recordarem o nosso trabalho. E claro, como um dos sítios onde trabalhamos à já vários anos é nas bibliotecas, a colocarem um link ou a publicitarem o nosso blog no vosso, para que possamos levar os nosso espectáculos de sensibilização à leitura em Livros Bidimensionais, cada vez mais longe e a mais crianças e jovens do pais.

Ate sempre.
Grupo Mestre Filipe e as Suas Marionetas



De antonio.regedor a 5 de Março de 2008 às 15:24

Obrigado pelo vosso comentário.
O vosso importante trabalho de animação é necessário nas bibliotecas para as tornar também espaços de produção cultural para além da sua missão de informar e formar.


Comentário ao post CIÊNCIA E ISLÃO

De Luís Norberto Lourenço a 27 de Fevereiro de 2008 às 02:47

Não posso deixar de subscrever o que aqui se afirma.
Contra o livro único, pois!
Por mais interesse que tenha um livro, qualquer que ele seja, nele não cabe tudo, nem na biblioteca mais bem apetrechada.
Só a uma ditadura convém a defesa dum livro único.
A laicidade dá oportunidade ao conhecimento! Sim, é certo!
De algo servirá ser o maior conhecedor, de todo as as versões de um livro, de comparar as suas traduções, saber cada linha... No entanto, de quantos bons livros se perdeu a oportunidade de ler devido a tal obcessivo investimento no estudo dum livro, do livro... sejaqual ele for.

No meu mundo, no nosso mundo, cabem todos os livros, até os maus, até aqueles com os quais não concordamos de uma maneira clara e frontal...

Um abraço,
Luís Norberto Lourenço

 

Obrigado Luís
Estamos de acordo na questão da laicidade como a melhor garantia de respeito por todos os livros, por mais sagrados que sejam.
É interessante como há um paralelismo dos livros com os deuses.
ambos foram criados pelo homem.
No início havia uma pluralidade de deuses, até à imposição do deus único e do seu império.
Resta-nos impedir o império do livro único que arrasta ao pensamento único.




publicado por antonio.regedor às 00:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds