.posts recentes

. Serviço de Bibliotecas It...

. Bibvirtual e Percursos p...

. Aumentar a mobilidade cic...

. Perdeu definitivamente a ...

. Mais propaganda que reali...

. Ilustração ou tortura

. Cem anos de Saramago

. Mosteiro de Leça do Balio

. Casamento de Fernando I d...

. Percursos pedestres das s...

.arquivos

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Segunda-feira, 5 de Setembro de 2022

O Poço do Frade

Poço do Frade.jpg  

Fácil é perceber que o local indica água. E se o frade o escolheu, alguma virtude lhe encontrou. Não é poço, mas no tempo dos frades beneditinos de S. Miguel de Refojos podia bem ser a poça onde estes se banhavam nos cálidos dias destas terras onde o clima é tão duto no inverno como no verão. O poço do frade resulta de um meandro do rio ladeado por arvoredo que lhe dá frescura, sombra, cor e abrigo à fauna que lha dá diversos sons que são contraponto ao da água corrente.  O lugar é a melhor praia do Concelho de Cabeceiras de Basto.  E com a vantagem de ficar dentro da vila. Uma represa de enrocamento aproveita bem o meandro do rio. Arborizado como necessário ao bem estar nos dias de intenso calor de Verão. O rio permite num troço de quase 500 metros a prática de canoagem.  Tem uma entrada em degraus facilitadora da entrada e saída para a zona de banhos. O fundo é regular em areão numa grande extensão, o que lhe confere excelente característica para a natação e banhos estivais. O espaço comporta ainda zona de areal que é usada para campo de voleibol. Há um bar de apoio onde se podem fazer refeições ligeiras. Há mesas na esplanada do bar e em zona de sombra do parque. Há ainda a possibilidade de alugar espreguiçadeiras.  O ambiente é agradavelmente  calmo combinando pacificamente com a diversidade de actividades,  confortavelmente respeitoso no convívio dos grupos que notoriamente se reconhecem de outros gregarismos , suficientemente reservado no seio dos vários grupos. Enfim, bom ambiente onde se pode conversar, ler, jogar à bola, nadar, remar.  O possível frade que dá nome ao lugar sabia escolher.

antónio Borges Regedor

publicado por antonio.regedor às 16:52
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
18
19
20
25
26
27
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. Livros que falam de livro...

. Uma compra  no supermerca...

. Dança

. Elle foi à Pharmacia

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds