.posts recentes

. Manual APA 2016

. Emergent Literacies in Ac...

. Bibliotecários e Produção...

. Relógio D`água-editores L...

. Maria de Lourdes Pintasil...

. Patron Driver Adquistion

. ZOTERO

. O conceito de "UNO" em Pl...

. 25 Xulio Dia da Pátria Ga...

. Elogio ao meu amigo Gaspa...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Domingo, 25 de Setembro de 2016

A mercadoria/livro tóxico

IMG_7894_0.jpg

 

 

A propósito de uma tal porcaria que anda aí na praça a ser arengada como livro, recordo os estudos de indústria editorial que fiz na Universidade de Salamanca.  Começo por dizer porcaria anunciado como livro, porque o livro já foi outra coisa que aquilo que hoje é, ou não é.  Depende do produto em que nos queremos fixar.  O livro pode ser registo de conhecimento, nota ética, apontamento de património, memória histórica, objecto  literário e mais modernamente produto industrial de consumo de maior ou menos qualidade,  ou mesmo embalagem tóxica.  E no caso de produto comercial de fraca ou reles qualidade, destinado a ser vendido em quantidade, para além da sua produção e camuflagem da qualidade, necessita da promoção.  Aprendi em Indústria Editorial que a venda em massa depende do tema do momento ser controverso ou do interesse irracional, e os  políticos  do momento estão  dentro do parâmetro; ser de ligeireza do tema evitando a reflexão, ponderação, e exigência de forma e conteúdo, e por isso vemos no escaparate livros das mais variadas gentes, disparates e banalidades.  Mas a promoção do livro/mercadoria é ainda mais importante. Ela deve ser polémica. Criar um facto político ou social. Atrair a atenção através de um factos crítico que leva ao impulso da compra por curiosidade, interesse ou voyeurismo.  A polémica atrai a atenção. Quanto mais irracional melhor. Põe todos a falar da mercadoria/livro ao mesmo tempo e o lançamento deve ser o corolário desse crescendo polémico.

Tudo passa depois da venda. O produto é para deitar fora. Depois desse outra promoção se seguirá. A tinta não pode secar,  o papel não pode oxidar,  a indústria editorial não pode parar.

 

António Regedor

 

publicado por antonio.regedor às 22:05
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds