.posts recentes

. Pós-verdade e Michel Fouc...

. Após 60 anos . “sol de...

. 1974/24/0200

. A MINHA ESTANTE NO DIA MU...

. Mértola

. Sempre a iniciar cursos

. rua de Sant’Ana

. Hans Christian Andersen

. O Mar e o Livro

. A aparente liberdade do l...

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015

A foto

5703290448_e1c4878af9_z.jpg

Se os primitivos guardavam fotos? -  Sim, gravadas e pintadas nas cavernas. Para que serviam? Porque as faziam? Não sei.

Sei que na antiguidade as esculturas eram em formato natural, despidas. Talvez os modelos não fossem tanto assim, e as quisessem a três dimensões, mais perfeitas.

Na idade média desenhavam-nas  em tela a honrar os modelos. E era pintadas do lado mais favorável, ocultando defeitos e dissimulando imprefeições.

A foto em daguerreótipo retrata  em estúdio uma paisagem que não existe.

A foto não dá a realidade, mas sim o que já não existe. Fixa-se naquilo que já foi e não o é. É a expressão da negação. Pretende traduzir o real, quando apenas faz permanecer o irreal.

Inglória tarefa da foto. Inutilidade da sua guarda. Equívoco da sua observação.

 

António Regedor

publicado por antonio.regedor às 19:07
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Investimento, Ciência e Exportação

transferir.jpg

 

A frequência do ensino supeior deve ser tida, entre outros, um factor indicador do desenvolvimento sócio-económico.

Os media têm vindo a dar nota do  fenómeno de fusão e compra de instituições de ensino superior acresce,  ao  que agora acresce,  o fenómeno do encerramento.

O que tem vindo a acontecer ao ensino superior em Portugal, deve ser entendido como um retrocesso.

A razão é a perda acentuada do número de estudantes, e resulta da natural diminuição da natalidade; É  essencialmente da crise económica com fenómenos de abandono do ensino superior por falta de pagamento de propinas e interupções de continuidade de estudos  por incapacidade de assumir os seus custos;  Mas é também por incapacidade de ser maior exportador nesta prestação de serviços de ciência através da captação em maior número de estudantes estrangeiros. A captação de alunos estrangeiros compensa a diminuição dos nacionais.

Eu próprio já fui aluno no estrangeiro e tenho uma noção da economia produzida  pelas Universidades com o recrutamento de estrangeiros.

Tenho por fortuna trabalhar na Universidade Fernando Pessoa onde nos bares, pátios e até os segmentos de ruas que ligam os vários edifícios  se ouve falar em várias línguas com destaque para o Ingês, o Francês, o Italiano e o Espanhol, entre outras menos correntes.

E sei que a frequência de estudantes estrangeiros em outras Universidades é igualmente significativa. O que é possível pelo reconhecimento e boa reputação do Ensino Superior Português. E é pena que o desinvestimento na Ciência tenha sido feito com o argumento da crise, quando devia ter sido entendido como investimento estratégico e produto de exportação. 

Esperemos que a situação mude para melhor.  

publicado por antonio.regedor às 18:25
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2015

Arquivo para ratos

depositphotos_6718932-Old-files.jpg

 

- Bem, infelizmente, uma grande parte do arquivo que temos na cave foi usada para camas, como seria de esperar, por sucessivas gerações de ratos, e está tudo destruído e ilegível.

Barry, Sebastian - Escritos Secretos. Lisboa: Bertrand. 2009. ISBN: 9789722518338 p.36

publicado por antonio.regedor às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Novembro de 2015

A Mão

 

 

Mão.JPG

 

 

A Mão

É a antiga unidade de medida de contagem de papel para impressão.

Uma mão tem 25 folhas.

Actualmente conhecemos como unidade de medidade de papel a resma. Esta unidade de medida de contagem de papel corresponde 20 mãos.

A medida da espessura do papel é determinada em gramas por metro quadrado.

Escrevemos habitualmente em papel com 80gr/m2

tags: , ,
publicado por antonio.regedor às 18:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
25
28
29
30

.tags

. todas as tags

.favorito

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds