.posts recentes

. Bibliotecários e Produção...

. Relógio D`água-editores L...

. Maria de Lourdes Pintasil...

. Patron Driver Adquistion

. ZOTERO

. O conceito de "UNO" em Pl...

. 25 Xulio Dia da Pátria Ga...

. Elogio ao meu amigo Gaspa...

. Portugal e a Bicicleta

. Livros proibidos

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segunda-feira, 31 de Maio de 2010

Dia Internacional dos Arquivos – 9 de Junho

 

A DGARQ – Direcção-Geral de Arquivos  vai dar continuidade  às celebrações
do Dia Internacional dos Arquivos, visando  proporcionar  a promoção e
divulgação da causa dos arquivos:
Dar a conhecer a enorme responsabilidade que representa a conservação,
preservação e divulgação das memórias individuais e colectivas, memórias que
representam a Identidade e o Património Cultural dos Povos e das Nações.
Consulte o pragrama e a ficha de inscrição aqui
http://dgarq.gov.pt/cooperacao-e-relacoes-externas/organizacao-de-eventos/di
a-internacional-dos-arquivos-2010/

tags:
publicado por antonio.regedor às 22:29
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Maio de 2010

É perciso denunciar o que está mal, para elogiar o que vai bem.

 

Este é o texto que o meu amigo Luís Norberto Lourenço fez na sequência do seu desapontamento em relação à actividade de uma das bibliotecas por si frequentada.

É um exemplo, apenas um, do estado em que se estão a tornar algumas das bibliotecas de leitura pública.

Não calar, falar do assunto, não fingir que está tudo bem, é uma necessidade para melhorar a situação.

É perciso denunciar o que está mal, para elogiar o que vai bem

 

 

A iniciativa "Rep... Ver maisública de Leitores", contava com o apoio de seis municípios, entre os quais a Câmara Municipal de Castelo Branco, a decorrer ontem pelas 11h 30m, sob o lema "100 anos ...em 20 minutos".
Recebi o convite via Facebook.
Estava em Castelo Branco, desloquei-me à biblioteca municipal da minha cidade para participar numa iniciativa que me daria um duplo prazer: a promoção da leitura e a comemoração da República.
No entanto, antes de chegar à biblioteca recolhemos uma agenda cultural de Castelo Branco... procurámos, procurámos, procurámos... NADA sobre a iniciativa!! Mau...
Cartazes nas imediações? NADA.
À entrada da biblioteca? Nenhum cartaz, nenhum prospecto em lado nenhum... bem, lá para as 11h 30m lá colocaram um único cartaz sobre o balcão da recepção!!
Deve ser uma espécie de divulgação... mas ao contrário!
Pedi informações aos funcionários da biblioteca sobre a iniciativa... "O quê? Não sei de nada! Tu sabes? Não! Vocês sabem de alguma coisa? Parece que há qualquer coisa..."
Segue-se um telefonema para o bibliotecário... Também não sabia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Lá aparece alguém a dizer o que se iria passar...
Chega à hora, distribui-se um pequeno texto a um punhado de leitores para leitura individial... foi assim que se decorreu...

Quanto ao resto tudo bem:

sempre um "filme" para tirar fotocópias;
a exposições bibliográficas são coisa quase inexistente, só quando recebe as jornadas de história da medicina, preferem os "trapos", a "bonecada" e os "desenhos infantis"...
as revistas expostas mostram a actualização do acervo documental... revistas de 1999, 2003, 2005, 2007... números recentes? Procurem...

a arrumação das revistas nas estantes continuam na mesma... a revista que está em exposição... muitas vezes não coincide com as que estão no interior das caixas...
o poder político e o responsável da biblioteca continuam a fazer orelhas moucas a quem gostaria de se poder orgulhar da sua biblioteca e sai de lá sempre triste com o que vê!
a divulgação é o oposto do que deveria ser: a biblioteca cria um perfil no Facebook (muito bem, finalmente)... e em alguns computadores não se tem acesso ao... Facebook!!??
fazer uma iniciativa na bibliogteca é matá-la à nascença... nem as próprias iniciativas que organizam promovem, como esta...

cartão de leitor? ainda não temos...
a inauguração oficial até já esteve agendada... estamos "esperando"...
...

Mas está tudo bem... a malta até deve ser monárquica e os livros não importam nada!
Basta "animar" a criançada, dar uns jornais (durante algum tempo os semanarios independentemente do dia da semana em que saíam só chegavam à biblioteca à sexta-feira!) de borla para a terceira idade ler e nem precisa de pagar café, mais uns estudantes para compor a coisa, acolher folclore quanto baste, templários de ocasião... quanto ao resto tudo bem!

Ao fim e ao cabo os livros não protestam, os leitores que se incomodam são quase nenhuns e o poder tem maioria absoluta!

É a assim na Casa Grande dos Livros "estratégicamente ainda sem nome" de Castelo Branco...

Luís Norberto Lourenço
publicado por antonio.regedor às 15:42
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

80ª Feira do Livro do Porto

Entre 27 de Maio e 13 de Junho, a Feira do Livro do Porto regressa aos Aliados, festejando o seu 80º aniversário com novos horários e propostas culturais. Este ano a Feira do Livro funcionará das 12h30 às 23h30, de segunda a sexta, e das 11h às 23h30, aos fins-de-semana e feriados.

Confesso que gostaria mais da Feira em espaço coberto. Com zonas de leitura e descanço. Zona de restauração e bares. Babysiting e biblioteca infantil e juvenil com actividades.
O Palácio parece-me bem e seria forma de o utilizar e linkar à biblioteca e à  galeria de arte. O que nunca foi feito

publicado por antonio.regedor às 13:33
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Maio de 2010

Prémio Astrid Lindgren Memorial (ALMA)

O prémio Astrid Lindgren Memorial (ALMA) foi criado em 2002 pelo governo sueco em memória daquela escritora, e destina-se a distinguir escritores, ilustradores e entidades de todo o mundo que promovam a literatura infantil.



Este ano o prémio foi atribuído à escritora belga Kitty Crowther, mas entre os mais de 150 nomeados estavam a escritora Alice Vieira e o projecto Palavras Andarilhas, da câmara municipal de Beja.

publicado por antonio.regedor às 14:57
link do post | comentar | favorito
|

...

Bibliomóvel de Proença-a-Nova

 

Em 1 de Junho de 2007 tinha já referido no blog  http://bibvirtual.blogs.sapo.pt/tag/bibliotecas+itinerantes a importância do trabalho de Nuno Marçal. E divulgado o seu próprio blog http://opapalagui.blogspot.com/

Agora  o bibliotecário Nuno Marçal, de 35 anos , responsável pela biblioteca móvel de Proença-a-Nova, é o candidato de Portugal ao prémio literário sueco Astrid Lindgren Memorial (ALMA),

 

Licenciado em Sociologia e com uma pós-graduação em Ciência Documentais, Nuno Marçal percorre habitualmente centenas de quilómetros com a carrinha-biblioteca para levar livros, DVD, revistas e jornais às aldeias e às escolas do interior.

A biblioteca itinerante dispõe de cerca de 1.100 livros e 157 DVD que os utentes podem levar para casa, além de alguns títulos da imprensa para leitura imediata, disponibiliza ainda malas com estes materiais para dois centros de dia.

A biblioteca móvel integra o projecto "Progride uma comunidade, uma família…" do Instituto da Segurança Social, cujos parceiros locais são a Câmara de Proença-a-Nova e a Misericórdia da Sobreira Formosa.

Em 2009, Nuno Marçal recebeu em Espanha um prémio da Associação de Profissionais de Bibliotecas Móveis "pelo seu compromisso profissional e social com os cidadãos mais desfavorecidos".

O seu trabalho pode ser acompanhado no blogue http://opapalagui.blogspot.com/.

publicado por antonio.regedor às 14:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favorito

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds