.posts recentes

. Bibliotecários e Produção...

. Relógio D`água-editores L...

. Maria de Lourdes Pintasil...

. Patron Driver Adquistion

. ZOTERO

. O conceito de "UNO" em Pl...

. 25 Xulio Dia da Pátria Ga...

. Elogio ao meu amigo Gaspa...

. Portugal e a Bicicleta

. Livros proibidos

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segunda-feira, 16 de Março de 2009

"BiblioFilmes Festival

O "BiblioFilmes Festival - Baseado no Livro" apresenta-se como : "um conjunto de iniciativas para a Comunidade da Língua Portuguesa usando um novo conceito de promoção do livro, da biblioteca e da leitura através das novas tecnologias e do cinema."

 

No âmbito do Plano Nacional de Leitura lançado pelo Governo de Portugal, um grupo de professores "amadores" (de "pessoa que ama") de livros e bibliotecas, decidiu criar um concurso que pretende lançar um desafio à comunidade da Língua Portuguesa a fazer um "filme" (em vídeo ou telemóvel) a contar a sua história e provar o quanto gostam da sua biblioteca e/ou de um livro.

Esses "amadores" são:

Vitor Meneses

, Diplomado em Educação ( Curso de Professor do 1º Ciclo e frequência em Licenciatura Ciências da Educação) e autor do conceito do concurso

- Helena Magalhães, Professora de Inglês/Alemão

- Luís Sil, Professor de Biologia

Apoio à Organização:

- Helena Isabel, Aluna Universitária (Medicina)

- João Carlos, Aluno Ensino Secundário

A iniciativa destina-se a :

Professores, Alunos, Funcionários de Bibliotecas, ... - na verdade, qualquer pessoa que goste da sua Biblioteca (Pública, Escolar, privada).


Coloquem os vídeos no YouTube e enviem o link para bibliofilmes@xariti.com. Posteriormente eles serão carregados na página internet do concurso e depois o público em geral e o Júri irá vê-los e votar no seu vídeo favorito, visando escolher os vencedores nas categorias Votação Popular e Votação Júri.

 

O próximo concurso tem data limite de 19 de Março, no Prémios Trailer de Livros

 

publicado por antonio.regedor às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Março de 2009

POESIA ANIMADA

 

 

 

A Casa da Animação e a Biblioteca Almeida Garrett (Palácio de Cristal) do Porto
 
 
 
 
Disponibilizam uma Oficina de introdução ao cinema de animação pela via poética.
Propõe-se “uma oficina de iniciação ao cinema de animação, que realce a permeabilidade desta forma de expressão, capaz de se render à versatilidade de um texto poético, gerando um pequeno filme. Sugere-se que da leitura de um poema, de um autor Português, sigam as principais fases de realização e produção de um filme animado, e interponham no final uma interpretação livre desse texto”.
 
Parece-me ser uma boa pista de trabalho para as bibliotecas de leitura pública. Permite as parcerias. A biblioteca não pode estar isolada. Permite ganhar novos utilizadores e novos públicos. Este segmento de público sai do padrão habitual onde as bibliotecas de leitura pública têm estado acantonadas e que têm sido os públicos escolares. Estes à medida que vão tendo disponíveis as bibliotecas escolares vão deixando de ser utilizadores das biblioteca públicas. E as bibliotecas públicas terão de orientar a sua actividade cada vez mais para os públicos pós-escolares, grupos profissionais, seniores.
Actividades como estas e outras de aquisição de competências na lógica da formação ao longo da vida são necessárias ao futuro das bibliotecas públicas.
 
 
 

 

 

música:
publicado por antonio.regedor às 16:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favorito

. Tanto tempo e tão pouco ...

. Rebooting Public Librarie...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds